6 de set de 2008

Formação de professores em Cuba e Brasil. Um estudo

Cuba é um país que desperta muitas paixões, fato pelo qual é muito raro encontrar opiniões que não sejam extremas, entre o amor e o ódio, de acordo com a prisma ideológico pelo qual a pessoa olhar.

Muitos professores que se interessam em melhorar a educação, já provavelmente terão pensado algum dia em quais são essas condições existentes no território cubano que produzem uma educação com níveis de qualidade invejáveis. É possível que muitos fiquem satisfeitos simplesmente com a ideia que a causa seja a revolução cubana, mas para chegar em alguma conclusão de valor é necessário fazer uma análise objetiva de quais seriam essas características ou ações diferenciais.

Um grão de areia no avanço da compreensão das causas ou condições para esse sucesso, foi o que fez a profa. Rose Meri Trojan, com o artigo "Teoria e prática na formação docente: estudo das políticas educacionais brasileiras e cubanas", publicado recentemente na revista Práxis Educativa, da UEPG (v. 3, n. 1, 2008).

Acredito que a análise comparativa realizada pela professora Rose Meri é de grande valor e interesse, embora saibamos que a formação de professores é muito importante mas não é o único dos fatores que favorecem ou dificultam uma educação de qualidade.

Parabéns professora!

3 comentários:

Lize disse...

Olá Gonzalo, estou fazendo um trabalho de Educação Comparada, de como é a Educação em Cuba, e da formação de professores lá, sabe onde posso encontrar, li o seu artigo aqui no blog, mais preciso de mais conteudo. manda pro meu email lize_silva@yahoo.com.br

Gonzalo Abio disse...

Prezada Lize,
Acredito que através dos sites:
http://www.rimed.cu (do MINED) e http://www.mes.edu.cu (do MES) você poderá conseguir informações para seu trabalho.
Boa sorte!

Gonzalo Abio disse...

"O sucesso escolar cubano" é um excelente artigo de autoria de Raymundo de Lima, publicado na revista Espaço Acadêmico, n. 110, Julho de 2010. Deveria ser visto por todos os professores brasileiros para poder refletir sobre as vantagens e desvantagens das próprias práticas e das generalidades do sistema escolar do Brasil.
http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/viewFile/10072/5782